O desenvolvimento da BMJVS sob a ótica de suas coleções especiais: marcas de posse e proveniência no contexto PGE-RJ

Autores: Thiago Cirne

Resumo: O trabalho tem por objetivo analisar o acervo da Biblioteca Marcos Juruena Villela Souto (BMJVS) a partir da formação de coleções especiais no contexto da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ), órgão responsável pela representação judicial e consultoria jurídica do Estado. Ressalta a importância do acréscimo de bibliotecas particulares de juristas e intelectuais renomados, como fator qualitativo, ao longo dos anos.

Clique aqui para acessar este artigo!

Foto: Freepik

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

2 + 12 =