Opções para o isolamento: Arquivo Nacional inaugura exposição virtual

O Arquivo Nacional inaugurou no último dia 21 a exposição virtual “A Marcha para o Oeste: a conquista do Brasil Central”. A exposição, que apresenta fotografias do acervo da Fundação Brasil Central (FBC) do Arquivo Nacional que estão sob a guarda de sua unidade regional em Brasília, faz parte das comemorações pelos 60 anos da capital federal.

Segundo informações de Vivien Ishaq, curadora da exposição, a campanha Marcha para o Oeste, lançada pelo Governo de Getúlio Vargas em 1938, deu novo impulso à colonização do interior do Brasil. Gerenciada pela Fundação Brasil Central (FBC), órgão federal, a expedição Roncador-Xingu, teve início em 1943 e foi a principal frente da campanha Marcha para o Oeste. A Expedição tinha como meta alcançar a Serra do Roncador (Mato Grosso) e os rios formadores do Xingu, se tornando a via de entrada, no grande sertão, dos jovens paulistas e irmãos Orlando, Cláudio e Leonardo Villas Boas, que ficariam mundialmente conhecidos como os grandes sertanistas brasileiros.

A Marcha para o Oeste criou vias de comunicação no interior do país, estradas, campos de pouso; construiu cidades planejadas; conduziu migrações de populações; e, entre seus feitos mais conhecidos, abriu caminho para a construção da nova capital do país, Brasília, inaugurada em 21 de abril de 1960, destaca Vivien Ishaq.

Acesse a exposição aqui.

Foto: Reprodução.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

12 − dez =